sábado, 15 de dezembro de 2012

Leilão de energia eólica

Projeto da Vila Amazonas não foi aprovado

O Estado do Rio Grande do Norte participou com 94 no leilão realizado ontem pela ANEEL, atrás apenas dos estados da Bahia (com 162) e Rio Grande do Sul (122), mas apenas dez projetos foram contratados: sete do Maranhão, dois da Bahia e um do Rio Grande do Sul.
Para representantes do setor eólico, o resultado foi motivo de surpresa. A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) havia habilitado 14 mil megawatts (MW) em projetos de usinas hidrelétricas, termelétricas e eólicas, dos quais 11 mil MW apenas para esta modalidade. No entanto, somente 303 MW foram comprados pelo Governo Federal nas três modalidades, sendo 152 MW referentes às eólicas.

Um motivo para esse resultado foi o preço da energia eólica que alcançou o valor médio de R$ 87,94 por MW/hora no leilão, o menor já registrado no Brasil. O preço inicial era de R$ 112 por MW/hora. “Foi uma surpresa ver empresas darem viabilidade a projetos abaixo de R$ 90 reais (por MW/hora). Os R$ 112 já era um preço complicado”, disse Adão Linhares, presidente da Câmara Setorial de Energia Eólica do Ceará.


Para Lauro Fiúza, ex-presidente da Associação do setor, a Abeeólica, o preço de R$ 87 “é incompreensível”. Em 2011, o valor era de R$ 99,57 MW/hora. “O preço não reflete o que o mercado entende como razoável. E no último leilão tínhamos um dólar a R$ 1,60, e hoje é de R$ 2,10”.

Adão Linhares diz que os projetos vencedores na Bahia e no Rio Grande do Sul aproveitaram a infraestrutura existente, o que poderia explicar o preço oferecido (entre R$ 87,50 e R$ 89,20 por MW/hora). Linhares considera ser surpreendente que uma mesma empresa tenha ganhado sete projetos no Maranhão ao preço de R$ 87,77 MW/hora, já que o estado ainda não oferece a infraestrutura necessária para instalação das usinas.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Leilão de Energia Nova

Serra do Mel participa com projetos na Vila Amazonas
Será realizado daqui à pouco, às 10 hs, deste dia 14 de dezembro de 2012 o Leilão de Energia A-5 de 2012, sendo este o "15º Leilão de Energia Nova". O certame foi inicialmente previsto para o dia 26 de abril de 2012, sendo postergado por diversas vezes devido, principalmente, à falta de demanda das distribuidoras. Neste contexto, destaca-se também a falta de definição do tratamento dos contratos relacionados ao Grupo Bertin, oriundos do Leilão A-3 de 2008. Naquele certame houve assinatura de Contratos de Comercialização no Ambiente Regulado (CCEAR) entre a empresa e as distribuidoras, porém não houve a entrada da operação comercial das usinas.

A Serra do Mel participaria desse leilão através de empreendimentos da empresa Voltália Energia do Brasil Ltda, com parques eólicos previstos para as vilas Amazonas e Pará.
O certame tem como objetivo a celebração de CCEARs nos quais os vencedores do leilão venderão parte da energia às distribuidoras de energia elétrica. O edital do leilão veda a participação de distribuidoras e por sociedades controladas por estas, direta ou indiretamente, como vendedoras de energia. Serão licitados novos empreendimentos de geração a partir de fontes hidrelétrica, eólica e termelétrica (biomassa ou gás natural em ciclo combinado) com início de suprimento em 1º de janeiro de 2017.

sábado, 3 de novembro de 2012

Entenda como funciona as Eleições presidenciais nos Estados Unidos


Maior democracia do mundo, os Estados Unidos se preparam para as eleições presidenciais que ocorrerão nesta terça-feira (06). Mas, será que você sabe como funcionam as eleições por lá? Vejamos:

Prévias

As eleições americanas começou desde 03 de janeiro com o início do processo de indicação dos candidatos pelos partidos, nas chamadas "Prévias". Essas prévias podem ser do tipo "primárias" ou "cáucus", à escolha de cada Estado. A primária é uma votação secreta tradicional, com urnas e papéis, organizada normalmente pelo governo local e aberta a todos os eleitores registrados. Nas primárias fechadas, os eleitores podem participar apenas da votação do partido em que estão registrados (ou seja, só votam em uma prévia republicana os eleitores dessa legenda). Nas abertas, podem votar na primária do partido que escolherem, independentemente de sua filiação partidária. A maioria dos Estado faz primárias fechadas. Já os cáucuses, que também podem ser fechados ou abertos, são encontros que incluem debates, discursos e divisão de grupos. Quando eles começam, os eleitores se dividem de acordo com o candidato que apoiam. Para persuadir os indecisos a aderir a seu grupo, os eleitores discursam em apoio a seu candidato. No final, os organizadores contam quantos votos cada candidato recebeu.


Tanto no caso de primárias como cáucus, os votos não vão diretamente para os candidatos. Mas, determinam a quantidade de delegados que cada candidato terá na convenção nacional do partido na qual um candidato será oficialmente aclamado após as prévias.
A população de cada Estado define o número delegados que cada um terá. Sendo o maior número de delegados da Califórnia (55) e o menor o Alasca (3), Nova York conta com 29 representantes. É por isso que é mais importante vencer em alguns Estados do que em outros. Para distribuir os delegados, os democratas usam um método proporcional. Cada candidato recebe o número de delegados correspondente ao percentual de votos nas primárias ou cáucuses. No Partido Republicano, um Estado pode escolher o método proporcional ou o do "ganhador leva tudo", no qual o candidato que recebeu a maioria dos votos em determinada prévia ganha todos os delegados correspondentes.
Colégio Eleitoral
As eleições propriamente dita ocorrerão em 6 de novembro quando os eleitores comparecerão às urnas para escolher entre Obama e Mit Romney. Porém, assim como nas primárias e cáucuses, os votos em cada Estado serão usados para determinar quantos delegados cada um terá, dos 538 do chamado Colégio Eleitoral que é quem escolherá o presidente americano.
Nos EUA não importa o total de votos conquistados por determinado candidato nacionalmente. Para ele, o crucial é vencer em uma quantidade de Estados que lhe garantam os 270 votos para ser eleito no Colégio Eleitoral. Por causa disso, um candidato pode receber o maior número de votos no país inteiro, mas ainda assim perder as eleições. Situações como essa ocorreram três vezes na história americana: em 1876, em 1888 e em 2000, quando o democrata Al Gore teve mais votos diretos, mas menos votos no Colégio Eleitoral que o republicano George W. Bush (2001-2009), que acabou sendo eleito presidente.
Como ocorre nas prévias, o número de votos a que cada Estado americano tem direito é determinado pelo tamanho de sua população e pelo número de eleitores. O Estado da Califórnia, o mais populoso, tem 55. O Texas, 38. Nova York e Flórida, 29 cada um, e assim por diante. Cada Estado tem no mínimo 3 representantes. Isso significa que alguns Estados são mais cruciais que outros, sendo possível vencer a eleição ganhando em somente 11 dos 50 Estados americanos: Califórnia, Texas, Nova York, Flórida, Illinois, Pensilvânia, Ohio, Michigan, Geórgia, Carolina do Norte e Nova Jersey, cuja soma de votos garantiria o total necessário de 270. 
O sistema dominante é "o ganhador leva tudo", em que o candidato com maior número de votos conquista todos os delegados do Estado. Essa regra acaba fazendo com que os candidatos invistam mais tempo e dinheiro em Estados em que seus respectivos partidos são tradicionalmente favoritos. 
Apenas nos Estados de Nebraska e Maine, vigora um sistema diferente, em Nebrasca, que conta com 5 votos no Colégio Eleitoral, existem três distritos eleitorais. O candidato mais votado em cada um leva um voto, enquanto o mais votado no total leva os dois votos finais. Com direito a quatro votos, o Estado do Maine adota a mesma distruibuição em relação a seus dois distritos eleitorais.
Os delegados do Colégio Eleitoral são nomeados meses antes das eleições, durante as primárias ou os cáucuses, votações que determinam quem será o candidato de cada partido. Eles normalmente são ligados aos republicanos ou democratas e são indicados pela liderança partidária para assumir esse papel. Ao fim da eleição, eles escreverão o nome do vencedor no número correspondente de cédulas a que cada Estado tem direito. Nos dias seguintes, esses votos serão enviados ao Senado americano, onde serão contados para que o anúncio oficial do vencedor da disputa presidencial seja feito em 17 de dezembro.
Os críticos do Colégio Eleitoral dizem que o sistema é arcaico e precisa ser modernizado para corresponder mais fielmente ao desejo dos eleitores. Seus defensores, porém, insistem que os Estados pequenos poderão perder importância na corrida eleitoral caso o voto seja direto. Afinal, a importância dos eleitores das grandes cidades cresceria, enquanto a campanha eleitoral nas pequenas cidades e no meio rural seria praticamente abandonada, assim como os investimentos estatais durante todo o mandato do presidente.
Entretanto, a maior desvantagem da eleição indireta, porém, é em relação aos partidos menores. Eles nunca terão chances de crescer e ganhar mais eleitores enquanto o vencedor de cada Estado ganhar todos os votos do colégio eleitoral. É exatamente por isso que os únicos partidos que monopolizam a política americana são o Democrata e o Republicano. É quase impossível para um terceiro partido entrar na corrida. Essas eleições têm 143 candidatos inscritos, seja ligados a algum outro partido como o Partido da Constituição, Partido Verde, Partido Libertário, etc. ou candidatos independentes.





ENEM. Candidatos reclamam do grau de dificuldade e da extensão da prova


A pouco mais de duas horas atrás foi aplicada a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio-ENEM para cerca de 5,7 milhões de pessoas. Neste primeiro dia as provas tiveram início às 13 horas e duraram 4:30hs. No segundo dia (4), iniciará às 13hs indo até às 18:30hs, horário de Brasília, uma hora a mais que hoje. A avaliação está sendo aplicada em 1,6 mil municípios brasileiros. 
Estudantes que participaram deste primeiro dia reclamam do grau de dificuldade da prova, especialmente as questões de ciências da natureza. Outra reclamação recorrente é o tamanho da prova: "além de um número grande de questões, possui problemas extensos, apresentados em textos enormes, o que atrapalhou a administração do tempo". Diz Camilla Melo, que realizou sua prova na UERN (Mossoró/RN).
A prova de hoje incluiu 90 questões objetivas divididas entre as provas de ciências humanas e suas tecnologias, Ciências da natureza e suas tecnologias. Amanhã (4), serão aplicadas mais 90 questões objetivas das provas de linguagens e códigos e matemática, além da prova de redação que representa 50% da nota total do exame.
Boa sorte aos estudantes avaliados.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Finados

Hoje é dia de finados e deixamos aqui agradecimentos àqueles que dedicaram suas vidas ao bemEm especial, àqueles que foram humildes, caridosos, dedicados, amorosos, generosos, solidários, decentes, ordeiros, compreensivos, pacientes, sábios, autênticos, leais, coerentes, persistentes...

Esses verdadeiramente entenderam e viveram a mensagem de cristo.

Nos orgulhamos te ter convivido com um pessoa assim: Edinaldo Filgueira (1975-2011).



quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Prefeito de Serra do Mel ganha direito de responder processo em liberdade

O pleno do Tribunal de Justiça do RN decidiu pela concessão de habeas corpus ao prefeito de Serra do Mel, Josivan Bibiano que encontrava-se preso desde o dia 15 de outubro acusado de ser o mandante do assassinato do jornalista, blogueiro e presidente do PT municipal, Edinaldo Filgueira. 

Bibiano estava detido em prisão preventiva a pedido do Procurador Geral do Estado. A prisão preventiva é medida extrema, cautelar que tem o objetivo de prevenir que o réu perigoso cometa novos crimes ou ainda que em liberdade prejudique a colheita de provas ou fuja. De acordo com o processualista Paulo Rangel, " se o indiciado ou acusado em liberdade continuar a praticar ilícitos penais, haverá perturbação da ordem pública, e a medida extrema é necessária se estiverem presentes os demais requisitos legais".

No entendimento do tribunal, pelo fato da investigação está concluída e o prefeito ter residência fixa e ainda não possuir histórico de antecedentes criminais merece aguardar o julgamento do processo em liberdade.

Não se trata de absorvição, aliás sua detenção também não era sinal de condenação. Pois a prisão preventiva não é uma pena aplicada antecipadamente ao trânsito em julgado, é tão somente uma medida cautelar, protetiva. Por esse motivo, não viola a garantia constitucional de presunção de inocência se a decisão for devidamente motivada. Ela só ocorre em casos de estrita necessidade. 

segunda-feira, 22 de outubro de 2012


"A luz de um grande prazer é irremediável neon
Quando o grito do prazer açoitar o ar, reveillon
O luar, estrela do mar
O sol e o dom, quiçá, um dia a fúria
Desse front virá lapidar
O sonho até gerar o som

Como querer caetanear o que há de bom"
(Sina - Djavan)

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Prefeito de Serra do Mel, no RN, se entregou à Justiça nesta segunda (15)


Josivan Bibiano de Azevedo estava foragido desde a quinta-feira (11). Ele é acusado de participar da morte de Ednaldo Filgueira, no ano passado.

Veja o vídeo aqui: http://globotv.globo.com/inter-tv-rn/rn-tv-2a-edicao/v/prefeito-foragido-de-serra-do-mel-rn-se-apresenta-a-policia-em-mossoro-rn/2190837/

Prefeito Josivan Bibiano de Azevedo é procurado pela polícia do RN (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Do G1

O prefeito em exercício de Serra do Mel, município potiguar da Região Oeste, distante 320 quilômetros de Natal, se apresentou à Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (15). Josivan Bibiano de Azevedo é suspeito de participar do assassinato do então jornalista e presidente do Partido dos Trabalhadores no município, Ednaldo Filgueira, no dia 15 de junho de 2011.
Josivan Bibiano de Azevedo se apresentou no 2º Batalhão da Polícia Militar em Mossoró, também na Região Oeste. O prefeito em exercício de Serra do Mel era considerado foragido de Justiça desde a quinta-feira (11). Josivan ficará detido no Quartel da PM em Mossoró à disposição da Justiça.
Relembre o caso
Ednaldo Filgueira, de 36 anos, foi executado com seis disparos de arma de fogo por volta das 22h do dia 15 de junho de 2011, quando saía do trabalho na Vila Brasília, bairro de Serra do Mel. Ednaldo era jornalista e dono do "Jornal Serrano", no mesmo município. As investigações da Polícia Civil apontaram para motivações político-partidárias como as causas do crime.
Em agosto de 2011, oito pessoas foram indiciadas criminalmente pelo delegado Odilon Teodósio, que trabalhou na primeira parte do inquérito que investiga o assassinato. Cícera Soares da Costa, proprietária do restaurante Padre Cícero, em Serra do Mel, foi indiciada, juntamente com Rafânio Brito de Azevedo, Raniely Brito de Azevedo e Daniel dos Santos Azevedo, como autores intelectuais do crime. Abnadabe Nunes Ismael Pereira da Silva (Foguinho), Francisco Fábio Ferreira (Galego), Paulo Ricardo da Costa (Paulinho) e Marcélio de Sousa Moura também foram indiciados, apontados como envolvidos diretamente na execução do então presidente do PT de Serra do Mel.
Ao concluir a investigação, o delegado Odilon Teodósio creditou a autoria intelectual do crime ao prefeito do município, Josivan Bibiano de Azevedo (PSDB). O delegado afirmou, à época, que a execução do jornalista ocorreu em decorrência das críticas à gestão de Bibiano Azevedo no jornal de Ednaldo Filgueira. osivan teve a prisão preventiva decretada no dia 24 de dezembro do ano passado e foi solto, por força de habeas corpus, no dia 3 de janeiro deste ano.
Um novo mandado de prisão foi decretado pela Justiça semana passada e  não foi cumprido. Josivan era considerado foragido desde a quinta-feira (11).
Para ler mais notícias acesse G1 Rio Grande do Norte, clique em g1.globo.com/rn.


sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Prefeito de Serra do Mel é considerado foragido da justiça

Justiça decreta prisão de prefeito e delegado confirma que a Polícia Civil tenta cumprir mandado desde quinta.


Fred Carvalho
Do G1 RN
 
 O prefeito de Serra do Mel, Josivan Bibiano de Azevedo, é considerado foragido de Justiça desde esta quinta-feira (11), quando foi expedido um mandado de prisão contra ele. A informação foi confirmada pelo delegado responsável por cumprir o mandado, Odilon Teodósio dos Santos Filho, da Divisão de Polícia do Oeste (Divipoe). Serra do Mel fica a 320 quilômetros de Natal, na região Oeste potiguar.

Bibiano já havia sido preso preventivamente em dezembro do ano passado em uma ação conjunta das Polícias Federal e Civil, e do Ministério Público do Rio Grande do Norte. A prisão fez parte da operação "Matadores de Aluguel", que investigou o assassinato do jornalista e presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Serra do Mel, Ednaldo Figueira.

Ednaldo foi morto a tiros em 15 de julho de 2011. Ele foi foi executado por volta das 22h, quando saía do trabalho. O crime, segundo a polícia, teve motivação política, uma vez que a vítima também mantinha um blog na internet e fazia críticas à classe política do município e da região.

Bibiano foi solto pela Justiça dias após essa prisão porque se comprometeu a cumprir uma série de determinações. "Como algumas dessas determinações foram descumpridas, como não se ausentar do estado sem comunicar à Justiça, pedi que o prefeito fosse preso novamente", explicou Odilon Teodósio.

Como é prefeito, Bibiano tem foro privilegiado. Por esse motivo, o mando de prisão foi expedido pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Se for localizado e preso, o prefeito ficará detido no quartel do Comando Geral da Polícia Militar do RN, em Natal.

"O mandado foi expedido ontem [quinta-feira] e assim que chegou às minhas mãos montei uma operação para localizar e prender o prefeito. Estamos com oito equipes nas ruas para cumprir o mandado", falou o dleegado Odilon Teodósio.

 Para o delegado, há fortes indícios de que Bibiano tenha envolvimento - "na condição de mandante" - na morte de Ednaldo.

FONTE: G1.com

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Leilões de Energias Renováveis são prorrogados para dezembro


Projetos de produção de energia eólica em Serra do Mel estão incluídos

Os Leilões de Compra de Energia Elétrica Proveniente de Novos Empreendimentos de Geração, denominados Leilão "A-3" e Leilão "A-5", de 2012, tiveram suas datas de realização alteradas pelo Ministério de Minas e Energia – MME.

De acordo com a Portaria MME nº 539, o Leilão "A-3" será realizado em 12 de dezembro de 2012 e as Declarações de Necessidades das distribuidoras deverão ser ratificadas ou retificadas até 21 de novembro de 2012. Esse certame estava previsto para ocorrer hoje, 11 de outubro de 2012.

Já a Portaria MME nº 540, estabelece a data de 14 de dezembro de 2012 para a realização do Leilão "A-5". As distribuidoras deverão ratificar ou retificar suas Declarações de Necessidades para o referido leilão até 23 de novembro de 2012. Esse leilão deveria ocorrer em 25 de outubro de 2012.

A Serra do Mel participaria desse leilão através de empreendimentos da empresa Voltália Energia do Brasil Ltda, com parques eólicos previstos para as vilas Amazonas e Pará.

Os números envolvendo investimentos em projetos eólicos no Nordeste impressionam. Segundo cálculos da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), a região respondeu por quase 80% dos projetos contratados do leilão de fontes alternativas de energia elétrica, realizado no fim de agosto. E a expectativa também é alta para o próximo leilão, marcado para outubro, que deve trazer para o Nordeste investimentos na casa dos R$ 11 bilhões - somando os projetos contratados no ano passado, o valor passa dos R$ 20 bilhões.

Apesar de os estados do Ceará, Bahia e Rio Grande do Norte concentraram o maior número de parques e usinas, boa parte dos investimentos tem sido direcionados para Pernambuco, onde o governo planeja construir um parque eólico no Complexo Portuário de Suape, localizado a 60 quilômetros do Recife. A região já abriga uma fábrica de aerogeradores e de torres eólicas, mas em breve deve receber novas empresas do setor. O grupo argentino Impsa, por exemplo, anunciou investimento de R$ 145 milhões para construir uma unidade com capacidade para produzir cerca de 300 equipamentos por ano. Já a sul-coreana Win&P, fabricante de torres, também anunciará em breve investimentos em Pernambuco.

sábado, 29 de setembro de 2012

Após férias coletivas Aficel volta a operar

Após conceder férias coletivas para seus funcionários no mês de agosto a AFICEL, a segunda maior empresa beneficiadora de castanha do estado do Rio Grande do Norte, voltou a operar. Segundo informações levantadas por este blog a empresa comprou 1 milhão de quilo de castanha in natura, quantidade suficiente para sua estrutura industrial funcionar por 1 mês.

Com o retorno à operação da fábrica da AFICEL espera-se que o preço da castanha volte a subir no mercado regional. No momento a castanha de caju in natura é comercializada entre R$ 1,65 a R$ 2,30, dependendo do destino, se para a indústria ou para cortadores artesanais.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Aproveitemos...

É uma infelicidade ser tão breve o intervalo que medeia entre o tempo em que se é jovem demais e o tempo em que se é velho demais.


Barão de Montesquieu

domingo, 17 de junho de 2012

No caminho


Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem;
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.

Trecho de poema atribuído a Bertolt Brecht e Vladimir Maiakóvski

Documentário "De ferro e de flor" sobre Edinaldo Figueira



Acesse o site do vídeo e veja outras informações a respeito desta produção: www.deferroedeflor.com
Veja também: www.tiagoaguiar.blogspot.com.br

sábado, 16 de junho de 2012

Milhares de mensagens no Twitter marca o 1º anversário da morte de #EdinaldoFilgueira

Internautas de todo o Brasil e até do exterior participaram ontem de tuitaço em homenagem ao jornalista-popular e blogueiro Edinaldo Figueira, morto a um ano atrás por denunciar irregularidades na gestão tucana do município de Serra do Mel-RN. Edinaldo foi executado na sede de seu jornal 'O Serrano' em 15 de junho de 2011, por três pistoleiros contratados, segundo o inquérito policial, pelo prefeito do município Josivan Bibiano de Azevedo - PSDB.
Autoridades, intelectuais e ativistas da liberdade de expressão enviaram milhares de mensagens que ecoaram pela Net pedindo justiça para o caso, respeito aos direitos humanos, liberdade de expressão e enfatizando o carater heróico e martírico do caso Edinaldo Filgueira.
Foram usados os Restags #EdinaldoFigueira, #LiberdadedeExpressão e #15dejunho no movimento na rede do passarinho.
Também por meio do twitter a deputada Fátima Bezerra anunciou o projeto de lei, de sua autoria, que institui o dia 15 de junho como dia Nacional do Blogueir(a).

sábado, 9 de junho de 2012

Blogueiros se mobilizam por justiça para o caso Edinaldo Filgueira

Matéria publicada no Jornal Diário de Natal e DNOnline dia 8 de junho de 2012. Por Fernanda Zauli.
http://www.diariodenatal.com.br/2012/06/08/cidades3_0.php


Caso Edinaldo Filgueira: blogueiros pedem justiça
Diversas atividades homenagearão o blogueiro potiguar que teve a voz silenciada. Prefeito de Serra do Mel foi indiciado
Fernanda Zauli
fernandazauli.rn@dabr.com.br

No próximo dia 15 de junho, o assassinato do jornalista e blogueiro Edinaldo Filgueira, que também era presidente do diretório municipal do PT de Serra do Mel, completará um ano. O caso foi investigado pelas Polícias Civil e Federal e concluiu-se que o crime teve motivação política.

Uma comissão nacional pedirá que o TJRN julgue os oito acusados pelo crime. Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação
 O prefeito de Serra do Mel, Josivan Bibiano de Azevedo (PSDB), foi indiciado como autor intelectual do crime e chegou a ser preso em dezembro do ano passado, à véspera do Natal, mas foi solto 10 dias depois. Em homenagem ao jornalista, os blogueiros progressistas pretendem instituir o dia 15 de junho como Dia Nacional do Blogueiro.

O projeto de lei deverá ser encaminhado nos próximos dias ao Congresso Nacional por uma comissão formada por representantes de vários estados do país. No III Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas, que aconteceu recentemente em Salvador, os participantes apresentaram propostas referentes ao caso. Dentre as sugestões aprovadas, está a formação da comissão que pretende entregar um documento à presidenta do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargadora Judite Nunes, cobrando celeridade no julgamento do processo.

"Os três pistoleiros que executaram Edinaldo estão aguardando o julgamento presos, todos parentes do prefeito do município. Mas os demais (cinco envolvidos) estão respondendo em liberdade. O clima de impunidade é muito grande, pois o prefeito Josivan Bibiano ficou em cárcere por apenas 10 dias e hoje segue administrando o município, livre. E isso tem despertado em quase toda a população daquela cidade o sentimento de que ele é inocente, já que não está mais preso, ou de que ele faz o que quer, pois detém o poder", disse Tiago Aguiar, blogueiro e diretor do documentário De Ferro e de Flor, produzido em homenagem ao trabalho de Edinaldo Filgueira, destacando a questão dos direitos humanos e da liberdade de expressão.

"A sensação maior de impunidade está por o Rio Grande do Norte ter um judiciário extremamente duvidoso, com muitos casos decorrupção. Acreditamos que a justiça depende da mobilização de pessoas em todo o Brasil e também no mundo, que se identifiquem e se indignem, que tenham solidariedade. As provas são claras, existem gravações telefônicas que mostram como tudo aconteceu", completou o ativista, que produziu o documentário em parceria com a jornalista Adriana Amorim. 
Homenagens se darão por todo o país


A família de Edinaldo Filgueira está organizando uma missa e uma caminhada em Serra do Mel, no próximo dia 17, em memória do jornalista. Além disso, estão previstos diversos movimentos para que o caso não passe desapercebido.

Um documentário em vídeo tem circulado o país visando chamar atenção para o caso e para a liberdade de expressão. Foto: De Ferro e De Flor/Divulgação
 Os blogueiros progressistas estão programando um twittaço em todo o país para o dia 15 de junho e tentam agendar um debate na Assembleia Legislativa do RN para esse dia. "Edinaldo era um filho de agricultores analfabetos, que não possuíam sequer um nome de família, e que conseguiu estudar, ter formação de bacharel, criar um jornal, levar a internet para a sua cidade, criar uma lan house, prestar serviços de instalação de internet. Algumas pessoas têm solidariedade e até veem o Edinaldo como um mártir na luta pela democratização da comunicação e liberdade de expressão, disse Tiago Aguiar.

MemóriaEdinaldo Filgueira tinha 36 anos e era colaborador do jornal O Serrano, que circulava em Serra do Mel e localidades próximas, e era um dos responsáveis pelo blog do periódico. O blogueiro era umdos principais opositores à gestão do PSDB na cidade, situada numa região com forte incidência do crime organizado. Na véspera do crime, Ednaldo havia publicado no blog uma enquete perguntando à população se era possível acreditar na prestação de contas da prefeitura. No dia seguinte, o blogueiro recebeu ligações anônimas com ameaças e cobranças de retirada da enquete do site, o que ocorreu em seguida. Poucas horas depois, enquanto fechava o seu local de trabalho, três homens o abordaram e dispararam seis tiros. 

terça-feira, 5 de junho de 2012

Acidente em caldeira deixa 4 feridos em Serra do Mel

Um acidente ocorrido nessa manhã (05) deixou gravimente feridos quatro agricultores da Vila Piauí, município de Serra do Mel - RN. Os agricultores operavam uma caldeira utilizada no processo de cozimento da castanha de caju. Esse procedimento é parte do beneficiamento de castanha, principal atividade econômica do município. Dois agricultores foram indentificados, sendo um deles conhecido por 'Bosco', outro Raimundo e o outro com a alcunha de 'Natan'. O quarto ferido ainda não foi identificado. O proprietário da caldeira é beneficiador de castanha Omar da Vila Piauí.


Curiosos cercam a caminhonete cedida por popular para transporte de um dos feridos.

Os acidentados chegaram a unidade hospitalar da Vila Brasília, Serra do Mel com queimaduras de terceiro grau e deformações no rosto e restante do corpo provocadas pelas queimaduras. Após o atendimento preliminar foram sedados e os mais graves foram conduzidos em duas ambulâncias para o hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró a 40 km de Serra do Mel.  Um dos feridos foram transportados em seguida, também para Mossoró, em uma caminhonete cedida por um popular devido a insuficiência de ambulância no município.

domingo, 27 de maio de 2012

15 de Junho Dia Nacional do Blogueiro



O III  Encontro Nacional de Blogueiros realizado em Salvador (BA) nos dias 25, 26 e 27, realizou mais cedo sua plenária final quando foram aprovadas a 'Carta de Salvador', documento político do encontro e mais dezenas de encaminhamentos, dentre eles um que orgulha os potiguares e em especial o povo de Serra do Mel (RN). Blogueiros de todo o país, presentes ao encontro aprovaram por unanimidade a instituição do Dia Nacional do Blogueiro no dia 15 de junho em homenagem a Edinaldo Filgueira, assassinado nesta data por  sua atuação jornalística na internet. Edinaldo Filgueira, passa a ser lembrado por todos como mártir e referência da luta daqueles que militam a favor da liberdade de expressão no país. Estou extremamente emocionado.

Propostas da Oficina Liberdade de Expressão e Direitos Humanos do III Encontro Nacional de Blogueiros


  1. Criação de associações municipais ou regionais ou estaduais de blogueiros, conforme as condições de cada estado;
  2. Participação de blogueiros dos estados vizinhos em evento político em memória de Edinaldo Filgueira;
  3. Articulação dos blogueiros em rede;
  4. Inclusão na “Carta de Salvador”, do III Encontro Nacional de Blogueiros, de manifestação às autoridades judiciárias do estado do RN sobre as preocupações da blogosfera a respeito do andamento do processo penal referente à morte de Edinaldo;
  5. Criar uma comissão para acompanhar o andamento do julgamento do Caso Edinaldo agendando audiência com presidente do Tribunal de Justiça do RN para o dia do aniversário da morte do blogueiro (15/06);
  6. Instituir no dia 15 de junho o dia Nacional do blogueiro;
  7. Promover um grande movimento da internet (twitaço, facebook, Orkut, e-mail) no dia 15 a partir de 07:00hs, incluindo o hashtag Ednaldo Filgueira no trends topics do dia;
  8. Preparar material para divulgação no facebook (quadrinho), demais redes sociais e outras mídias;
  9. Inserir o tema na campanha nacional pela liberdade de expressão;
  10. Publicação do vídeo “de Ferro e de fogo” na TVT, site da CUT;
  11. Que o movimento nacional de blogueiros estimule a criação de cursos livres de jornalismo cidadão para blogueiros procurando apoio nas universidades por meio dos cursos de jornalismo;
  12. Estimular a educação da sociedade em direitos humanos.

sábado, 26 de maio de 2012

III Encontro Nacional de Blogueiros - Parte 2

Tivemos conversas com os blogueiros Rodrigo Viana (O escrevinhador/Rede Record), Paulo Henrique Amorim (Conversa Afiada/Rede Record)Lendro Fontes (revista Carta Capital) e Miro Borges (Barão de Itararé). Todos demonstraram muito interesse pelo caso Edinaldo Filgueira.

III Encontro Nacional de Blogueiros




Estamos no Encontro Nacional de Blogueiros e acabamos de participar de um debate sobre "Liberdade de expressão e direitos humanos". O caso Edinaldo Filgueira foi o centro do debate e muitas propostas interessantes surgiram do fórum.

Vejam toda a programação:






Programação


25 de maio, sexta-feira

15 horas – Início do credenciamento;


17 horas – Palestra inaugural: A luta de ideias no mundo contemporâneo


– Convidado: Michel Moore (diretor de cinema e escritor dos Estados Unidos)


19 horas – Ato político em defesa da blogosfera e da liberdade de expressão – Praça Castro Alves


- Convidados: Artistas, lideranças políticas e dos movimentos sociais;


26 de maio, sábado


9 horas – Nas redes e nas ruas pela liberdade de expressão e pela regulação da mídia


Convidados:


- Franklin Martins – ex-secretário da Secretária de Comunicação da Presidência da República;


- Emiliano José – integrante da Frente Parlamentar pelo Direito à Comunicação e pela Liberdade de Expressão;


- Gilberto Gil – ex-ministro da Cultura;


- Barbara Lopes – do movimento blogueiras feministas;


11 horas – A força das redes sociais no mundo


Convidados:


- Ignácio Ramonet – criador do Le Monde Diplomatique e autor do livro “A explosão do jornalismo”;


- Amy Goodman – fundadora do movimento Democracy Now e ativista do Ocupe Wall Street;


- Osvaldo Leon – Diretor da Agência Latino-Americana de Informação (Alai);


15 horas – Oficinas autogestionadas


(Os temas e conferencistas deverão ser propostos até 4 de maio; a organização das oficinas caberá exclusivamente aos seus proponentes);


17 horas – Apresentação e debate da proposta sobre a Associação de Apoio Jurídico à Blogosfera – Rodrigo Vianna e Rodrigo Sérvulo da Cunha;


19 horas – Lançamento oficial do Blogoosfero, Plataforma Livre e Segura para blogosfera e redes sociais


Responsáveis: Fundação Blogoosfero, Colivre, TIE-Brasil e Paraná Blogs


27 de maio, domingo


9 horas – Reuniões em grupo: balanço, troca de experiências e próximos passos da blogosfera;


12 horas – Plenária final: aprovação da Carta de Salvador, definição da sede do IV BlogProg e eleição da nova comissão nacional.


quinta-feira, 24 de maio de 2012

"De ferro e de flor" tem trailer divulgado na net

O trailer do documentário "De ferro e de flor" que conta parte da vida e obra de Edinaldo Filgueira blogueiro e ativista político de Serra do Mel assassinado por sua atividade jornalística já está disponível pela internet. O filme foi produzido pela jornalista Adriana Amorim e Tiago Aguiar (blog cheque sustado[recomendo]) e será lançado no III Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas que ocorrerá em Salvador nos dias 25, 26 e 27 de maio deste. Pelo que vemos no trailer o documentário será um sucesso. Parabéns aos produtores. Veja o link a seguir: http://deferroedeflor.com/

domingo, 20 de maio de 2012

Curtir a vida é Genial !!!

[Ócio]


Um gênio no seu processo de criação...




Delimitando o problema...


construindo as hipóteses...


testando...


Conclusão.

Direito ao Ócio - Parte I

[Direito]
              O escrito mais significativo sobre o direito ao ócio chama-se “O Direito à Preguiça”, escrito pelo médico cubano radicado na França Paul Lafargue, que também é famoso pela atuação no partido comunista francês e por casar-se com Laura, a filha caçula de Marx.
            Em plena revolução industrial, Lafargue via os operários parisienses trabalharem em média 12 ou 13 horas por dia e, às vezes, as jornadas de trabalho se estendiam a 15, 16 e até 17 horas. Mas esses ainda se regozijavam pelo fato de trabalharem, pois estavam convencidos de que o trabalho em si mesmo era uma atividade dignificante e benéfica.
            Denuncia Lafargue, a doutrina de santificação do trabalho alimentada por escritores, economistas e dirigentes políticos.
            Reclama da postura da igreja, especialmente a protestante, pela deusificação do trabalho e satanização do ócio.
            Alerta ainda sobre uma ideologia do trabalho que leva o proletariado ao supertrabalho, motivado por uma necessidade fictícia de superconsumo, alimentada pela propaganda. Tal ideologia prejudica os esforços para implantação de qualquer limite ao trabalho e o desenvolvimento do ócio, sendo que as mudanças no mundo do trabalho devem advir de transformações humanas de ordem imaterial relacionado a seus valores, cultura, ética, moral, ideologia, afetividade, psicologia e etc., num processo de desconstrução da ideologia do trabalho para reconstrução da cultura do prazer em viver o ócio.
            Não há intenção de convencer sobre a desnecessidade do trabalho, visto que, o lavor, na medida exata das necessidades da sociedade e ponderadas as carências humanas por lazer e descanso, é imprescindível à humanidade. Contudo, se é vicioso ou se exigido em excesso, torna-se ruinoso e desvirtua o verdadeiro sentido do mesmo, qual seja o esforço inescapável para o atendimento das condições materiais para o exercício do ócio - onde está a felicidade.
            Assim, Lafargue levanta-se contra a supressão de feriados religiosos medievais, que franqueavam os operários da labuta. Dizia ele, com irreverência peculiar, que:

Cristo pregou a preguiça no seu sermão na montanha: ”Contemplai o crescimento dos lírios dos campos, eles não trabalham nem fiam e, todavia, digo-vos, Salomão, em toda a sua glória, não se vestiu com maior brilho.” Jeová, o deus barbudo e rebarbativo, deu aos seus adoradores o exemplo supremo da preguiça ideal; depois de seis dias de trabalho, repousou para a eternidade. (LAFARGUE, 2000)
            A célebre obra de Max Weber - “A ética protestante e o espírito capitalista”, aclara o processo de construção da ideologia de exploração capitalista, sob as benções da nascente igreja protestante, a partir da criação de uma comunicação direta do homem com Deus, por meio da profissão de fé, pela qual seria possível a salvação dispensando o cumprimento dos rigorosos mandamentos da igreja católica os quais condenavam a usura, a exploração do homem e exigiam bondade, generosidade e desapego numa idéia de que o reino dos céus era dos pobres. O “novo” evangelho liberou a burguesia para a acumulação de riquezas sem remorsos. Foi como se o capitalismo burguês houvesse descoberto como passar um camelo pelo buraco da agulha quando o protestantismo descobriu como colocar um rico no reino dos céus. E a riqueza burguesa deu-se por muita exploração da classe operária.
            Nos dias atuais, o capitalismo neoliberal hegemoniza e tem por pressupostos o livre mercado (não-intervensão estatal), a competitividade, a maximização dos lucros, dentre outros. Não obstante a expansão tecnológica, na prática observa-se uma forte pressão sobre o trabalho para obtenção dos resultados das empresas, porquanto o número de doenças dos trabalhadores relacionados a estresse e a grande incidência de reclamações por assédio moral.
            Acreditava-se que os avanços tecnológicos trariam benefícios à classe trabalhadora, liberando mão-de-obra para o ócio, ao invés de simplesmente servir para aumentar o lucro do capitalista.
            Certo é que a mão-de-obra é tratada como simples insumo no processo produtivo, assim sendo, pela lógica capitalista de maximização dos lucros, cuja receita básica é redução de custos de produção pelo barateamento dos insumos e eliminação de desperdícios, não há espaço para redução da jornada de trabalho, tampouco a ânimo para utilização de parte dela para realização de atividades lúdicas e recreativas.
            A indagação que pertine, nesta altura do nosso trabalho, é: qual a posição do estado diante da investida voraz do capital sobre o trabalho?  Que medidas concretas estão consignadas em lei para proteção do trabalho diante da lógica exploradora do capital?
            Otávio Calvet, neste enfoque, preleciona:
“O lazer é direito social de todos os trabalhadores, subordinados ou não, possuindo dois aspectos: econômico e humano. A todos os trabalhadores reconhece-se a necessidade de uma limitação da duração do trabalho e o direito ao gozo do lazer, o que implica uma alteração na interpretação de institutos previstos na ordem infraconstitucional e na conduta do tomador do serviço, reconhecendo-se a posição jurídica subjetiva ao trabalhador de obtenção de tutela judicial com eventual reparação por dano imaterial sempre que lesionado esse valor, tanto na relação de emprego quanto nas demais relações privadas de trabalho, estas na medida de hipossuficiência do trabalhador.”
            O mesmo autor apresenta alguns institutos do direito do trabalho presentes no atual ordenamento jurídico que relevam o direito fundamental ao lazer, a exemplo da impossibilidade de realização de horas suplementares com a não recepção do art. 59, caput da CLT ([1]); a impossibilidade de flexibilização de normas que tratam de repousos aos trabalhadores; a limitação do tempo máximo de trabalho dos empregados excluídos da duração do trabalho pelo art. 62 ([2]) da CLT e aos domésticos; a fixação das férias com consulta ao empregado; a vedação à remoção injustificada bem como à alteração de horário de trabalho que prejudiquem o lazer do empregado.
            Conclui Calvet ser possível a compatibilização dos interesses econômicos nas relações laborais com a garantia da condição humana relativamente ao exercício do ócio, já sendo anacrônico o discurso meramente econômico das relações de trabalho que estabelece um contraponto à exploração econômica, vez que o objeto dessa investida não é outro senão o próprio ser humano. Acertadamente assevera o autor que os direitos trabalhistas não existem para serem negociados ou indenizados pela sua supressão, mas para que sejam efetivamente observados, permitindo-se o fomento das aptidões do ser humano.



Antonio Marcos da Silva VictorEconomista e  Advogado
Pós-Graduado em Auditoria Contábil




[1] Art. 59. A duração normal do trabalho poderá ser acrescida de horas suplementares, em número não excedente de
duas, mediante acordo escrito entre empregador e empregado, ou mediante contrato coletivo de trabalho.
[2] Art. 62. não são abrangidos pelo regime previsto neste Capítulo:
I – os empregados que exercem atividade externa incompatível com a fixação de horário de trabalho, devendo tal
condição ser anotada na Carteira de Trabalho e Previdência Social e no registro de empregados;
II – os gerentes, assim considerados os exercentes de cargos de gestão, aos quais se equiparam, para efeito do
disposto neste artigo, os diretores e chefes de departamento ou filial.
Parágrafo único. O regime previsto neste Capítulo será aplicável aos empregados mencionados no inciso II deste
artigo, quando o salário do cargo de confiança, compreendendo a gratificação de função, se houver, for inferior ao
valor do respectivo salário efetivo acrescido de quarenta por cento.

Sobre o Ócio Criativo

[ócio]
            A prática integrada e equilibrada do trabalho, estudo e jogo é o que melhor define o conceito inovador do ócio criativo presente nos estudos do sociólogo do trabalho italiano Domenico de Masi, autor do best selers  O Ócio Criativo onde ele expõe estas idéias revolucionárias sobre o trabalho.
       Na abordagem de De Masi o Trabalho é o esforço humano empregado para cumprimento de uma tarefa relativa a geração de um bem econômico. Já o Estudo é a possibilidade de se obter conhecimento através de um processo de aprendizagem constante, utilizando, especialmente, os recursos que a sociedade digital proporciona como o uso da internet, por exemplo. Por sua vez o Jogo é o espaço lúdico de lazer, brincadeira e convivência que deve estar presente em qualquer atividade que se faça. É a forma de evitar a mecanização do trabalho, humanizando-o.
            O ócio Criativo seria então, o desenvolvimento de um processo produtivo em que estejam presentes esses três componentes da vida humana de forma associada e dirigida à criação, respeitando as necessidades humanas da recreação e unindo-as ao exercício da atividade laborativa, indispensável ao desenvolvimento da sociedade. Por meio do ócio criativo se proporcionaria uma maior alegria e produtividade ao trabalho.
            Ainda para o autor o futuro é de quem praticar o ócio criativo, ou seja, pertence a quem souber libertar-se da idéia tradicional do trabalho como obrigação e for capaz de mesclar atividades, como o trabalho, o tempo livre e o estudo.
         Domenico discorre sobre a sociedade pós-industrial, do desenvolvimento sem emprego, da globalização, da feminilização, do declínio das ideologias tradicionais, dos sujeitos sociais emergentes, da criatividade e do tempo livre com uma profunda insatisfação com o modelo social elaborado pelo Ocidente, sobretudo pelos Estados Unidos, que é centrado na idolatria do trabalho, do mercado e da competitividade. A este, De Masi contrapõe um novo modelo atento não só a uma produção eficiente, mas também a uma distribuição equânime da riqueza, do trabalho, do saber e do poder.
           O autor defende que a confiança nas novas tecnologias nos oferecerá maior ócio e que a esperança na nova biologia nos concederá maior longevidade. Prevê que em médio prazo o tempo de trabalho será reduzido e conduzido, na sua maior parte, pelo tele-trabalho, ou seja, realizado de casa, onde a tendência é aumentar o tempo livre.
            Em seu teoria profetiza sobre o que poderá ser a sociedade pós-industrial, tendo uma distribuição equânime da riqueza, do trabalho, do saber e do poder. Insatisfeito com o modelo social centrado na idolatria do trabalho, ele propõe uma maior interação entre o trabalho, o tempo livre e o estudo, onde os indivíduos são educados a privilegiar a satisfação de necessidades radicais, como a introspecção, a amizade, o amor, as atividades lúdicas e a convivência.
          Segundo o autor, o ócio pode transformar-se em violência, neurose, vício e preguiça, mas pode também se elevar para arte, para a criatividade e para a liberdade. É no tempo livre que passamos a maior parte de nossos dias e é nele que devemos concentrar nossas potencialidades.
        De Masi compara, ao mesmo tempo em que sugere, uma semelhança na ética do trabalho com a ética do ócio. Longe de ser anacrônica, a teoria do autor já encontra adeptos em todo mundo. Inclusive nas grandes empresas, especialmente de tecnologias da informação, há casos de empregados que desenvolvem suas atividades em casa ou mesmo possuem horários de trabalho totalmente flexíveis.


Antonio Marcos da Silva VictorEconomista e  Advogado
Pós-Graduado em Auditoria Contábil

sábado, 19 de maio de 2012

Jornalistas produzem 1º Documentário sobre Edinaldo Filgueira


[Demais]

 

A jornalista Adriana Amorim e o blogueiro e ativista Tiago Aguiar estão produzindo o primeiro documentário sobre Edinaldo Filgueira. O foco do trabalho é a vida e obra do blogueiro morto por suas atividades jornalística e política. O trabalho será exibido pela primeira vez no III Encontro Nacional de Blogueiros que acontecerá em Salvador (BA) de 25 à 27 de maio de 2012. Nosso blog estará representado no evento.

sábado, 12 de maio de 2012

Futuro


[Ócio]

 

 

Depois de 20 anos na escola
Não é difícil aprender
Todas as manhas do seu jogo sujo
Não é assim que tem que ser
Vamos fazer nosso dever de casa
E aí então vocês vão ver
Suas crianças derrubando reis
Fazer comédia no cinema com as suas leis
Somos os filhos da revolução
Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola

(Geração Coca-cola – Renato Russo)