quinta-feira, 4 de abril de 2013

O anti-Lula

Neste momento, às 22:50 hs, o senador inimigo número 1 do PT, José Agripino, está falando para uma praça esvaziada no comício de encerramento da campanha peemedebista. O senador José Agripino é filho da ditadura e foi um dos parlamentares que mais atuou para atrapalhar a gestão do presidente Lula, tendo votado contra quase todos os projetos do governo que estão aí: mudando o país pra melhor. O Zé foi contra o PROUNI, que bota filho de pobre na universidade; é contra o Bolsa Família; é contra os programas de construção de casas para os pobres, entre outros projetos importantes realizados pelo PT.
Mas, ele é a favor do que está acontecendo na Serra do Mel. É a favor da falta d'água; da falta de médicos no hospital; da educação de faz-de-conta; dos que desviam recursos públicos (segundo o MPE) e a mistura de bandidagem com a política que persegue e mata quem se insurge a essa tirania.

Para quem não sabe, o pai desse sujeito, o Tarcísio Maia, quando governador, tentou vender Serra do Mel para Alberto Benayon, para desmanchar o projeto de Cortez Pereira, porque eles, como bons udenistas, eram contra a reforma agrária. Para precsonarem os colonos que resistiam na defesa da Serra, o governador mandou cortar a água das primeiras vilas colonizadas (do eixo do sul) para forçar o povo a ir embora.

O Tarcísio Maia é pai da sede da Serra do Mel. Zé Agripino é irmão.

Mas, sinceramente! Acho que Zé Agripino veio mesmo foi contar pro Fabinho como é  levar uma surra de saia. Ele levou uma das maiores surras de saia da história, quando inventou de tirar onda com a então ministra Dilma Roulssef. O senador até hoje procura o prumo!
Reveja o vídeo abaixo:


Nenhum comentário: