terça-feira, 18 de março de 2014

Em placar apertado TRE-RN confirma a cassação de mais um prefeito

Na tarde de hoje o TRE confirmou a cassação de Leonardo Oliveira (PT). Por 3 votos a 2 o colegiado manteve a decisão da juíza eleitoral Aline Daniele Belém que condenou o prefeito e o vice de Ipanguaçu por captação ilícita de votos. As denúncias foram trazidas ao Ministério Público Eleitoral pela coligação "Vontade do Povo" liderada pela ex-primeira dama Rizomar de Figueiredo Barbosa (PMDB), que foi derrotada nas eleições de outubro de 2012 por mais de 1800 votos de maioria, maior diferença de votos da história das eleições no município.


Como uma das principais provas carreadas ao processo, consta um bilhete assinado por correligionário do prefeito autorizando a entrega de materiais supostamente em troca de votos. A defesa negou o vínculo do indivíduo que assinou a autorização com a campanha e fragilidade das provas, que versaria sobre fatos cometidos por terceiros, argumento que foi assumido pelo relator do recurso, desembargador João Rebouças.

Correligionários falam da mobilização de "grandes forças ocultas"  da política do RN para interferir nesta decisão.

Conversei com Leonardo logo após o final da seção. O mesmo se mostrou decepcionado com a decisão do tribunal, mas confiante na reversão da decisão do TRE. Reafirma sua inocência e informa que irá recorrer. 


Nenhum comentário: